O que são Altcoins?

Altcoins: Alternative Coins
Altcoins: Alternative Coins

Muitos dos recém-chegados no universo das criptomoedas ficam com dúvidas sobre o que são as altcoins e para que servem. Este guia fornecerá uma breve visão geral sobre o assunto, para ajudar os iniciantes a decidir se devem ou não colocá-las em seu portfólio.

O que são altcoins e por que eles são importantes?

A palavra “altcoin” é uma abreviação de “alternative coin” e, portanto, descreve cada criptomoeda exceto para o bitcoin. As altcoins são referidas como alternativas ao bitcoin pois, pelo menos até certo ponto, a maioria delas espera substituir ou melhorar pelo menos um componente onde o bitcoin seja falho.

Existem centenas de altcoins (confira em nossa plataforma), e aparecem a cada dia, cada uma com seu propósito. A maioria são um pouco mais do que clones do bitcoin, alterando apenas características menores, como velocidade de transação, método de distribuição ou algoritmo de hash. Muitas delas não sobrevivem por muito tempo, pois não atingem seus propósitos e a aceitação pelo mercado não é boa. Uma exceção é o Litecoin, que foi uma das primeiras altcoins lançada. Além de usar um algoritmo de hashing diferente do Bitcoin, o Litecoin tem um número muito maior de unidades monetárias. Por esse motivo, o classificaram como “prata” das criptomoedas, já que o bitcoin é o "ouro".

Litecoin, a prata das criptomoedas
Litecoin, a prata das criptomoedas

No entanto, algumas altcoins inovam ao experimentar recursos úteis que o bitcoin não oferece. Por exemplo, a Monero espera fornecer uma plataforma para transações completamente anônimas, a Ripple serve como um protocolo que os usuários podem empregar para fazer pagamentos entre moedas com facilidade, onde muitos bancos como o Santander já estão utilizando. A que tem feito sucesso e se mantém na segunda colocação no marketcap por toda inovação que sua blockchain trouxe, é a Ethereum.

Ethereum: a segunda maior criptomoeda em valor de mercado
Ethereum: a segunda maior criptomoeda em valor de mercado

Muitos entusiastas do bitcoin argumentam que as altcoins são completamente desnecessárias e não terão sucesso porque não podem rivalizar com a infra-estrutura que o "ouro digital" possui. No entanto, as altcoins desempenham um papel importante. A descentralização é uma das metas mais proeminentes do bitcoin, e as altcoins descentralizam ainda mais a comunidade de criptomoedas. Além disso, permitem que os desenvolvedores experimentem recursos exclusivos, assim melhorando cada vez mais o ambiente para o crescimento das criptomoedas.

Embora seja verdade que o bitcoin pode copiar esses recursos se os desenvolvedores, ou se os desejos da comunidade forem esse, como vemos na criação do segwit, que trouxe mais rapidez para as transações. As altcoins são totalmente funcionais e muito melhores “laboratórios de criptomoedas” do que o bitcoin.

Finalmente, as altcoins tem uma concorrência saudável com o bitcoin. Elas dão opções alternativas aos usuários de criptomoedas e forçam os desenvolvedores do bitcoin a permanecerem ativos e, continuarem inovando. Se os usuários não sentirem que o bitcoin satisfaz seus desejos digitais, eles podem adotar alguma altcoin.

Qual foi a primeira altcoin?

Criado em abril de 2011, a namecoin foi a primeira altcoin. Embora também funcione como moeda, o principal objetivo dela é descentralizar o registro de nomes de domínio, o que torna a censura na internet muito mais difícil. Atualmente ela está na posição de número 298 no marketcap e já não é tão famosa na época de seu surgimento, assim como muitas altcoins que tem uma curta vida útil.

Devo investir em Altcoins?

Devido à forma como as criptomoedas recentes foram inventadas e a rapidez com que a paisagem muda, todos os investimentos carregam um grande risco. Mesmo o bitcoin, de longe a criptomoeda mais estável, exibe volatilidade de preços em uma base regular.

Em comparação, no entanto, as altcoins são exponencialmente mais voláteis. Como a grande maioria têm limites de mercado baixos (valor total de todas as moedas combinadas), são altamente propensos à manipulação de preços. Grandes investidores, coloquialmente chamados de “baleias”, geralmente injetam grandes quantidades de capital em criptomoedas de baixo preço para construir o hype e fazer o preço disparar. Uma vez que o preço subiu consideravelmente, as baleias vendem suas moedas com enormes lucros, prejudicando muitos investidores pequenos, crédulos no processo. Esse método é conhecido como “pump and dump". Isso não só magoa os comerciantes gananciosos que não tiveram tempo de fazer o dever de casa, como também costuma ser a respiração da breve vida útil de um altcoin.

Para evitar perder todo o seu dinheiro, concentre-se em investimentos de longo prazo em moedas que você acredita ter um imenso potencial e exibir saúde geral. Geralmente, as altcoins saudáveis ​​possuem comunidades fortes, exibem alta liquidez e têm desenvolvedores que melhoram proativamente o código-fonte da criptomoeda. Embora não sejam necessários, muitos usuários também preferem desenvolvedores que revelam suas verdadeiras identidades, assim como o Charlie Lee, criador do Litecoin, e o Vitalik Buterin, criador do Ethereum.

Se você optar por investir em altcoins, é importante lembrar alguns princípios básicos de investimento. Evite o hype que as comunidades de moedas propagam, muitos que começam esse hype são as próprias baleias . Apenas invista em moedas que você pesquisou e estudou. Não é prudente investir em algo que você não entende. Fazer um investimento mal informado é o primeiro passo para perder seu suado dinheiro. Aproveite o tempo para pesquisar as moedas que você está considerando para investimentos de longo prazo, e estude sobre day-trading antes de tentar se tornar um trader de alto volume e curto prazo. Mais importante ainda, nunca invista mais do que você pode perder. Muitas pessoas perderam suas economias ao centralizá-las em investimentos voláteis. Então, antes de comprar qualquer altcoin; estude, pesquise e analise todas as pontas do projeto da moeda e boa sorte em seus investimentos.

Fonte: CCN

Data: | Autor: Willian BrunoTags: Criptomoedas

Compartilhe este artigo


Compre bitcoin na Changelly