Criptomoedas como refúgio na Venezuela

Sobre a crise na Venezuela
Sobre a crise na Venezuela

A ditadura de Maduro na Venezuela, fez a inflação alcançar níveis extremamente altos, e tudo isso causou problemas graves na população como, por exemplo: fome, repressão de idéias contrárias ao regime, violência, censura e hiperinflação. Nesse artigo vamos focar na hiperinflação da Venezuela e como as criptomoedas ajudam até hoje a superarem esse problema.

Papel das criptomoedas

No mercado o papel fundalmental das criptomoedas, é ser um meio de troca ou ser um ativo de proteção contra crises econômicas, ou seja, uma reserva de valor confiável, semelhante ao papel atual do ouro.

O Bitcoin, a principal criptomoeda, reúne as seguintes características: escassez legítima, durabilidade, confiabilidade, infalseabilidade e transações de longo alcance a nível global.

Como Bitcoin se tornou refúgio contra inflação?

O colapso da moeda venezuelana fez com que as criptomoedas, especialmente a Bitcoin, ganhasse espaço como um ativo de proteção contra colapsos monetários no país.

A FMI preve que a inflação na Venezuela chegará a 10.000.000% na Venezuela, e isso significa que o poder de compra do bolívar venezuelano vai simplesmente derreter e a população perderá totalmente a confiança na moeda de seu país. Esse problema é responsável por causar problemas na compra de alimentos, medicamentos e outros suprimentos básicos para sobreviver, essa inflação é tão grave para o povo da Venezuela, que em resumo, é necessário obter 15.000.000 bolívares para comprar 2,5kg de frango.

15.000.000 bolívares ao lado de 2,5kg de frango
15.000.000 bolívares ao lado de 2,5kg de frango

É muito triste a destruição da moeda de um país, pois seu efeito, destrói a riqueza de uma população inteira.

Os venezuelanos sentem isso na pele e buscam refúgio em qualquer coisa que sirva como uma reserva de valor minimamente decente como por exemplo, bitcoin, ouro e outras criptomoedas.

No caso do uso das criptomoedas como reserva de valor, torna a população livre de decisões arbitrárias de um político ou banco central, pois elas são inconfiscáveis e nenhum governo terá capacidade de "congelar ou controlar as contas das criptomoedas", como é facilmente feito nos bancos.

E tudo isso tornou mais difícil para o governo controlar ou reprimir. Todas negociações ocorrem sem intermediários, a maioria delas sem qualquer vestígio ou registro, dificultando ainda mais a fiscalização do governo.

Conclusão

A Venezuela mostra na prática a importância da adoção de criptomoedas. É o papel de influenciadores sobre criptomoedas é uma missão importante para ajudar cada vez mais a população sobre os benefícios das criptomoedas como reserva de valor e principalmente refúgio contra colapsos monetários causado por um país. Em cenários como esse, as pessoas vão buscar as criptomoedas por uma questão de necessidade e sobrevivência.

Fontes

Data: | Autor: Caio RibeiroTags: Bitcoin, Criptomoedas

Compartilhe este artigo