5 maneiras comprovadas que Bitcoin mudou o conceito de dinheiro

Bitcoin em dinheiro
Bitcoin em dinheiro

Bitcoin é uma das experiências monetárias mais revolucionárias da história. Em apenas nove anos de existência, a invenção de Satoshi Nakamoto cresceu em uma indústria de vários bilhões de dólares, levando a uma explosão de inovação para empresas que usam a blockchain, e isso está apenas começando.

De acordo com o Federal Reserve Bank (Banco Central dos EUA), as características do dinheiro são durabilidade, portabilidade, divisibilidade, uniformidade, oferta limitada e aceitabilidade. Curiosamente, o bitcoin não só possui, mas aumentou e redefiniu muitas dessas propriedades.

Vamos dar uma olhada em cinco formas de como a maior e principal criptomoeda do mundo já transformou o dinheiro como o conhecemos.

1) Digitalmente durável

A segurança bitcoin é de importância fundamental. Ele é projetado para que somente a pessoa que conheça a chave privada de sua wallet controle a moeda, associada a chave pública, que é o endereço por onde a pessoa recebe o bitcoin.

Ao contrário de uma tonelada de ouro, malas cheias de dinheiro e cartões com seus limites, um usuário bitcoin pode armazenar quantidades ilimitadas em um determinado endereço. Um trilhão de reais, por exemplo, armazenados em um único endereço, custa o mesmo que armazenar R$1,00 em bitcoin.

Hardware wallet
Hardware wallet

Bitcoin também pode ser protegido de várias maneiras. Uma carteira de hardware é provavelmente a sua melhor escolha, mas você também pode simplesmente memorizar uma senha, a seed, para acessar sua carteira a qualquer momento através de aplicativos de wallets, tanto para desktop como para celular.

Comparativamente, o custo de armazenamento seguro em dinheiro e ouro, é muito mais caro do que armazenar bitcoin e outras criptomoedas. Bancos e outras instituições financeiras cobram diversas taxas para guardar seu dinheiro, e até chegam a usar para outros fins, porém, o custo para guardar o bitcoin é bem inferior, e as vezes chega a ser nulo, e você tem total controle sobre suas finanças em bitcoin, não precisando de terceiros para armazenar e usufruir dele.

2) Portável e usável

Lembra-se dos trilhões de reais do texto acima, que você guarda em bitcoin? Bem, você pode enviar uma parte desse montante, por exemplo, para uma pessoa que está no outro lado do mundo em minutos, assim como um email. Isso é algo que nunca foi feito de forma tão perfeita e sem intermediário.

Além disso, as pessoas que viajam para o exterior a turismo sabem perfeitamente que não podem levar mais do que 10 mil reais na moeda local, nenhum centavo a mais nem a menos, caso passe do limite, você terá que declarar e pagar o imposto junto à Receita Federal.

3) Altamente divisível

Uma barra de ouro ou prata não podem ser divididos de forma realista em unidades menores. Já com o bitcoin, isso não é assim. 0.00000001 BTC ou 1 satoshi é atualmente a menor unidade da moeda. É uma centena de milionésimo de um bitcoin ou 0,00034 centavos de real (na data em que esse post foi escrito), a preços atuais.

Transferir tais unidades menores abrem uma nova gama de oportunidades de negócios. Pense nas transferências de dinheiro e em novas formas de monetizar as mídias online, onde os cliques serão literalmente valiosos em dinheiro em um futuro não muito distante. E não tem um valor mínimo ou máximo de satoshis que você pode transferir, você que escolhe o quanto precisa transferir. Tendo o poder do seu dinheiro em suas mãos.

4) Digitalmente escasso

Bitcoin introduziu algo que nunca existiu antes: o conceito de escassez digital. Por exemplo, enquanto a maioria dos dólares norte-americanos hoje vem em formato digital, e o governo sempre pode imprimir mais dinheiro, algo que aumentou a dívida nacional dos EUA para mais de $ 20 trilhões.

Com um limite máximo de 21 milhões de bitcoins, não há reguladores centrais ou governos que possam mudar esse número, pois seu criador Satoshi Nakamoto, escreveu a criptografia do bitcoin para torná-lo limitado e escasso.

Além disso, a sua blockchain é projetada para impedir um ataque potencial. Não há como gastar duplamente o bitcoin, pois cada fração tem uma única criptografia. Em outras palavras, é mais lucrativo que todas as partes joguem pelas regras da rede bitcoin do que tentar falsificar, ou interromper a rede em geral.

5) Descentralizado e apolítico

Este é provavelmente o conceito mais importante introduzido pelo bitcoin. Quer seja uma mãe, um jogador de futebol ou um terrorista, o bitcoin não se preocupa com quem a usa, qualquer pessoa pode usufruir dessa tecnologia revolucionária.

Não há órgãos reguladores ou governos que possam controlar a blockchain, a rede é totalmente descentralizada, controlada por pessoas normais, como eu e você que lê esse texto. O bitcoin trouxe uma máxima importante nos tempos atuais, que faz com que as pessoas tenham o poder do seu dinheiro em suas próprias mãos, sem precisar de nenhum órgão financeiro ou banco para intermediar uma transação, ou apenas guardar seu dinheiro, e cobrar por isso.

É simplesmente uma tecnologia, um protocolo criptografado, para transferir e armazenar valores, assim como a internet é para transferir e armazenar dados.

E tem mais por vir...

Bitcoin não é uma tecnologia estática. Na verdade, a inovação em Bitcoin tem sido surpreendente. Numerosas propostas para otimizar e aprimorá-lo já estão em andamento, incluindo planos para fazer transações instantâneas, mais baratas, mais privadas e mais descentralizadas.

Mas Bitcoin é muito lento! As taxas são muito altas! Minha avó não pode usá-lo!

Assim como todas as novas tecnologias, levará anos para se preparar para a grande massa. Felizmente, seu crescimento será muito mais rápido do que o automóvel, o avião ou mesmo o computador, não só devido ao ritmo acelerado da adoção tecnológica, mas também porque a infraestrutura já está em vigor (a internet).

Adoção da tecnologia no EUA desde os anos 90 até hoje
Adoção da tecnologia no EUA desde os anos 90 até hoje

Finalmente, Bitcoin não se preocupa com quem o critica, proíbe-o, diz que está morto ou tenta associá-lo unicamente a atividades criminosas. Apenas isso, ou use-o ou não. É completamente sua escolha. O bitcoin e outras criptomoedas vieram para revolucionar o modo como as pessoas usam, gastam ou transferem suas economias. Como já foi dito anteriormente, o bitcoin veio para as pessoas terem o poder de suas economias de volta nas próprias mãos, sem depender de bancos ou instituições financeiras.

Conhece outras maneiras de que a tecnologia Bitcoin possa ter mudado o dinheiro ou seu pensamento? Comente abaixo!

Fonte: 5 Ways Bitcoin Changed Money Forever

Data: | Autor: Willian BrunoTags: Blockchain, Bitcoin

Compartilhe este artigo